RAZÕES PARA SORRIR

36183793085_64f95c84c3_hA vida não é fácil. Não é simples. Mas, estamos aqui. Temos de vivê-la.
Todos nós temos momentos bons e ruins. Todos nós choramos… Uns mais, outros menos. Mas todos temos razões para querer desistir, assim como para tentar vencer.

Muitos desses momentos beiram o insuportável e, quando chegam, tiram nossa força, concentração, percepção, vontade, nosso ânimo e nos cegam.
Eles criam um enorme “muro das lamentações” à nossa frente.
Um muro que esconde as pessoas que amamos e que nos amam, como nossos pais, filhos e amigos, além de animais, a natureza, o lazer, o prazer. É nele que reclinamos a cabeça e lamentamos por tudo. Inclusive por ter nascido.

woman-girl-faces-railroadMuitos dizem: “Você é linda, tem uma família, um lar, um emprego. Deveria estar feliz, estar sorrindo!”
É claro que elas não sabem o que está no mais profundo do nosso seu e não compreendem que não é simples assim. Não se “fica feliz” do dia para a noite. Não se apaga uma angústia com uma borracha. Eu não posso me colocar no seu lugar e sofrer a sua dor. Ninguém pode!
Todos têm suas dores, e nenhuma é mais ou menos importante do que a outra. O sofrimento e a dor são do tamanho do estrago que causam. Por isso, quero dizer que, seja qual for sua dor, ela é legítima.

Mas devo dizer uma coisa:
ELA É PASSAGEIRA!
E como posso dizer isso? Simples, NÓS somos. Não estamos aqui para sempre. Não somos imortais e, se vivermos muito, será por 80, 90 anos. Pode ser que eumother-family-children nem termine esse texto.
Sabe aquela frase clichê: “Viva cada dia como se fosse o último”?
Pois é… Um dos clichês mais verdadeiros que existem.
Não sabemos se haverá amanhã. Temos de ser cautelosos com longos planos. Podemos fazer planos, mas não teremos a certeza de que eles terão um fim.
Como já foi dito aqui mesmo:
“Isso também passa”.

Por isso, pense que cada segundo de sua vida é importante, seja ele triste ou alegre. Se for bom, eu lembro, se for ruim, eu aprendo. Se for maravilhoso eu agradeço, se for péssimo, eu cresço. O segundo que perdemos trancados em nós mesmos é o mesmo segundo em que poderíamos estar olhando nos olhos de alguém importante para nós e dizendo EU TE AMO! No segundo em que estamos entregues ao pranto poderíamos estar abraçando alguém que carece de um simples sorriso!
As palavras de Freud nos fazem refletir sobre isso:
Um dia, quando olhares para trás, verás que os dias mais belos foram aqueles em que lutaste”

Certa vez foi perguntado a um morador de rua o que ele gostaria de ganhar. Do que mais sentia falta. A resposta foi simples e dura:
“Um abraço”.

9487886800_43975975cc_hHá pessoas sonhando com um ABRAÇO.
E nós, cheios de abraços guardados. Escondidos.
Hey! Todos nós podemos fazer alguém sorrir! Todos nós temos valor!
Você tem valor! VOCÊ É IMPORTANTE PARA ALGUÉM! Essa é a verdade. Todos nós somos ricos à medida que encontramos um coração ferido e oferecemos consolo.

Todos nós temos motivos para sorrir, mesmo que por minutos. Mesmo que não percebamos. Procure os seus!

Você pode ser a razão do sorriso de alguém.

“Crescer custa, demora, esfola, mas compensa. É uma vitória secreta, sem testemunhas. O adversário somos nós mesmos”. (Martha Medeiros)

Até Breve!

SAC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>