ONDE FOI QUE EU ERREI?

onde foi que eu erreiTenho ouvido muitos casos de mulheres comprometidas, que, num determinado momento da relação, sofrem, se frustram e sentem-se largadas pelo parceiro. Para muitas é cada vez mais comum a entrega à tristeza e à baixa autoestima. Quando não há uma razão clara para o desinteresse masculino, grande parte delas começa a se questionar:
- Onde foi que eu errei?
- Qual é o problema comigo?
- Será que ele está com outra? Ela deve ser linda, jovem, solteira, mais ativa no sexo.

Antes de tratar diretamente do que pode estar errado, vamos evitar o termo “culpa”. Se de fato seu marido/namorado está destratando-a, a responsabilidade é DELE. Se há algo errado ele deve dialogar, mas nem sempre isso é fácil.
Agora, façamos uma distinção entre um homem e um moleque, para que você não assuma uma falha que não é sua. Considerando a instabilidade de muitos relacionamentos e a tendência a infidelidade, é comum que esses pensamentos pairem a cabeça da mulher. A mídia joga contra, fazendo a mulher acreditar que todo homem quer uma (com o perdão do termo) “gostosa”, peituda, bunduda, modelo, baladeira e liberal.

As mulheres que não se enquadram nesse perfil se sentem acuadas. Afinal, não querem parecer uma boneca bem produzida e vazia por dentro. Mas sentem que a luta é desigual. Sentem que beleza física e subjetiva (e muitas vezes artificial) vence facilmente os demais atributos: inteligência, determinação, competência, honestidade, fidelidade, respeito e beleza (natural).confused-guy

Claro, não sejamos hipócritas. Todo homem admira uma mulher bonita e muitos parecem preferir o modelo midiático. E não somente em relação à mulher, mas em relação a si mesmos, disputando, inclusive, o tempo de uso do espelho. Mas também não podemos negar que, se para um homem esse é definitivamente o atributo principal, ele não é o tipo de homem que uma mulher merece e quer ter. Para ambos a beleza não durará para sempre. Ela tem valor quando faz parte de um conjunto de outros valores.

Durante sua “fase imatura” esses homens procuram mulheres… Para transar, chamar de um nome qualquer e colocar nula lista, como as de cerveja que ele já bebeu. Como moleques que colecionam games ou outro tipo de disputa em que um troféu esteja em jogo. E não creio que uma mulher queira ser um troféu. Esses dão adeus às 6:00 horas da manhã, não se relacionam, não se interessam por seu universo, e não telefonam novamente (a menos que precisem novamente de sexo).

Agora, pense em homens que desejam RELACIONAR-SE com mulheres. Homens não assumem um compromisso com uma boneca. Não se casam com Barbies! Homens de verdade não se casam com máquinas de fazer sexo, academia e compras. Eles se casam com mulheres FORTES, FIRMES, DECIDIDAS, FIÉIS, AUTÔNOMAS, TRABALHADORAS, INTELIGENTES E BELAS, porém não fabricadas. E elas não têm esses atributos por causa deles, mas por causa de si mesmas. Nas palavras da atriz Dolores Del Rio “Desde que uma mulher tenha brilho nos olhos, nenhum homem irá reparar se ela tem rugas em volta deles”. Aliás, esses atributos também são necessários nos homens.

Ok. Isso não ameniza a dor de quem se sente largada ou traída. Então…
Quero deixar claro que, a partir daqui, não estarei dizendo que a culpa é da mulher. Este texto é para mulheres que já se sentem culpadas e que desejam entender melhor sua própria situação ao ponto de encontrar falhas e trabalhar as soluções.

Você, que acredita NÃO ter se casado com um moleque, mas que sente rejeitada, e se culpa, onde acha que falhou? Se você está se culpando, responda as perguntas:
Por que ele se apaixonou por você?
O que você tinha, e não tem mais? O que você era, e não é mais?
O que fazia, e não faz mais? O que sentia, e não sente mais?
Escolha se as afirmativas lhe servem ou não:
Você era VOCÊ! Você tinha VIDA PRÓPRIA!
Você fazia PLANOS! Você sentia AMOR PRÓPRIO!
Ele se apaixonou pela mulher que resolvia problemas. Que tinha vida própria!

A mulher que fazia planos, tinha projetos, metas, vontades. Que estudava, trabalhava (em casa ou não), que queria  conhecer o mundo, falar novas línguas, que queria conhecer um cara legal e inteligente. Alguém que a ensinasse e que aprendesse com ela!
A pergunta é: Você ainda é esta mulher?
O que você aprendeu com ele? Mais do que isso, o que ensinou a ele?
Você, que se casou, responda-me. Quem organizou o evento?
Quem cuidou da decoração, da comida, dos convidados, dos trajes, da logística?
Quem preparou a casa? Escolheu as cores, escolheu os móveis?
Quem se produziu? Escolheu um corte de cabelo e uma cor legal, uma lingerie, um pijama para dias frios? Quem cuidou das finanças, planejou as compras?

Eu não sei. Mas se foi você, significa que é competente. Significa que fez e faz bem o que se propõe a fazer. Onde está esta mulher? Agora não estamos falando de bundas ou peitos. Se você possui esses atributos, ótimo. Se não possui, não foi por eles que ele se casou contigo, correto? Ele deve ter tido outras relações, talvez com mulheres esculturais, mas não se casou com elas. Já se perguntou a razão?

Ele está com você! E, a menos que você o tenha enganado, fingindo ser o que não era, ou que ele tenha sido obrigado a casar, É COM VOCÊ QUE ELE QUER ESTAR.
Mas não basta que ELE ame você. VOCÊ TEM QUE SE AMAR!
Você ainda é aquela mulher decidida e cheia de planos pessoais?
As tarefas de casa e os filhos fizeram você enfraquecer?
Ele não te ajuda? Se não, o erro pode estar aí. Sobrecarga.
Nesse caso, você precisa se impor e mostrar que você quer ter VIDA além das atividades. Se ele te ajuda, pode ser que você tenha esquecido de si mesma.
E ele vai lembrar de você quando você fizer o mesmo. Lembre-se de você!
Onde foi - valor - Cópia
Quais são seus planos? Onde quer estar daqui a 2, 10 anos?
Com quem? Fazendo o que? Onde estão suas vontades?
- Eu gosto de azul. Eu gosto de comida chinesa. Eu gosto de sair em dias frios.
Gosto de ir aos parques em dias de Sol…
OPINIÃO! DECISÃO!
Já ouvi homens reclamando por que a mulher não tinha opinião. Não decidia nada. Ele pergunta “sopa, comida ou lanche”? Ela diz “tanto faz” ou “você é quem sabe”. Não. Seja um organismo vivo e decidido ao lado de um homem.

Homens querem desafios. Querem embate.
Se você sair e chegar LINDA, do jeito que se sente melhor, ele vai sentir ciúmes de você. Ninguém sente ciúmes de alguém que está presa, dominada, enfeitiçada de amor cego. Nenhum homem quer uma mulher que não o deixaria de forma alguma. Homens querem ter a certeza de que você é capaz de viver e ser feliz, mesmo que ele seja abduzido por alienígenas.

Num dos episódios de “Two and A Half Men”, uma bela moça (Mia) estava apaixonada pelo protagonista Charlie Harper (o canalha). Ela passou todo o episódio tentando fazê-lo ser um homem melhor. Ele só queria saber de bebidas, jogos, charutos, sexo, apostas e nada de relacionamento sério. Ele não conseguiu largar seus vícios e se irritou com a tentativa dela.
O que ela fez? Mesmo apaixonada, caiu fora! ELE foi atrás dela e encontrou um bilhete que dizia a frase que as mulheres deviam gravar em seu coração:
“Charlie. Queria que ficássemos juntos. Eu te amo demais para querer mudá-lo.
Mas eu me amo demais para aceitá-lo do jeito que você é”.
Conhece alguém com essa coragem?
Pode ser que seu caso não tenha a ver com separação. Mas uma lição deve ser aplicada. “EU ME AMO DEMAIS PARA…”.

Onde foi - meEu me amo demais para não tomar decisões pessoais.
Eu me amo demais para não ter um tempo para mim.
Eu me amo demais para cuidar simplesmente da casa e dos filhos.
Eu me amo demais para sofrer calada dentro de casa.
Eu me amo demais para deixar de ser quem eu sou.
Eu me amo demais para me privar de cursar uma universidade.
Eu me amo demais para me privar de viajar e ser feliz.
Eu me amo demais para ser simplesmente uma mistura de faxineira, babá e mamãe.
Eu sou uma ESPOSA, não uma máquina.
Eu quero um homem para DIVIDIR EXPERIÊNCIAS, NÃO PARA OBSERVÁ-LAS.

Qual é a sua frase? Pode ser que ela não esteja aí.
Coloque uma pulga atrás da orelha dele.
Mostre sua autonomia e pareça a mulher por quem ele se apaixonou.
Se você ainda acha que uma aparência física é o mais relevante e que mulher linda não passa por esses problemas, se você acha que o problema está em você, por não parecer atriz de novela, pesquise sobre mulheres frustradas, tristes e carentes. Os consultórios estão cheios de mulheres lindas, magras, maquiadas, além de honestas, fiéis, educadas, amorosas, inteligentes, trabalhadoras.

Então, qual é o problema delas?
Eu não tenho a resposta exata. Mas posso deduzir que, ou se casaram com babacas infantis que não valorizam uma mulher ou, pode ser que elas sejam tudo isso, mas esqueceram de si mesmas e viveram em função da vida do outro. Perderam sua identidade e o decepcionaram.

Responda:
Onde foi - lendoVocê está mais preocupada com o que ELE faz durante o dia do que com o que VOCÊ faz?
Quando foi a última vez que se dedicou a si mesma? Quando foi a última vez que leu um livro? Qual era? Quem foi o autor? O que aprendeu? Quando foi a última vez que o chamou para ir num lugar onde você gosta de jantar? Quando foi a última vez que você se interessou pelos estudos? Quando foi que discordou dele?  Quando foi que comprou ou baixou um CD? Quando foi a última vez que fez uma oração pensando em você e em seus projetos? Quando foi que sorriu?
HOMENS AMAM O SORRISO DAS MULHERES.
Mas isso não significa que você deve sorrir por causa deles, mas por causa de você.
Ninguém quer sair de casa com uma pessoa sem identidade, seja homem ou mulher.

Acho provável que ELE esteja falhando. Mas, se você sente que também está. Analise sob esta ótica. Sei que é um exercício difícil. Mas tente sorrir e mostrar força em meios às dificuldades. Sua força e seu sorriso irão atraí-lo e, mais do que isso, irão resgatá-la. “Os homens distinguem-se pelo que fazem, as mulheres pelo que levam os homens a fazer.” (Carlos Drummond de Andrade)
Do que você é capaz?

É possível um homem passar a vida toda apaixonado pela mesma mulher…
Se ela tiver as mesmas virtudes que ele identificou, conheceu e admirou.

NÃO HÁ MULHER MAIS IRRESISTÍVEL DO QUE UMA MULHER QUE SE AMA!

, ,
3 comments on “ONDE FOI QUE EU ERREI?
  1. Amei o texto. meu namoro melhorou 100% depois que comecei a me cuidar mais fisica e psicológicamente. Isso reflete no meu relacionamento. Parabéns pela análise….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>